Blog: Negócios

Como usar o Google Analytics para monitorar seu E-commerce?
e-max.it, posizionamento sui motori

Um dos pontos mais importantes do Marketing Digital, e que muitas vezes é deixado de lado, é o monitoramento de métricas dos canais digitais atuantes.

Com o monitoramento de métricas você consegue descobrir diversos dados interessantes sobre as pessoas que acessam o seu e-commerce, assim podendo gerar ideias de campanhas publicitárias, estratégias de marketing e melhorias de experiência do usuário.

E isso pode ser feito de modo fácil com uma ferramenta chamada Google Analytics. Com o Analytics, você poderá monitorar diversos dados de acessos em seu e-commerce como quantidade de visitas, tempo médio de visita, dados demográficos e interesses do público.

E a melhor parte é que o Google Analytics é de graça! Veja agora como instalá-lo em seu e-commerce e como funciona a ferramenta:

Instalando o Google Analytics em seu E-commerce

Entre na página do Google Analytics e faça login em sua conta ou caso não tenha, crie uma.

Para criar uma conta é simples, basta clicar na opção “criar conta” na página de login do Google e na próxima página você terá a opção de criar uma conta a partir de um e-mail que você já usa ou ainda criar uma conta “gmail.com”.

Após criar a conta, o Google Analytics pedirá algumas informações para que o monitoramento seja possível e depois que você fornecer essas informações, um código será gerado.

Esse código deverá ser inserido em seu e-commerce. A maior parte das plataformas de lojas virtuais já possuem um campo ou módulo para a inserção do código, mas se esse não é seu caso, você pode pedir para o desenvolvedor da sua loja inseri-lo direto no código.

E pronto! O Google Analytics está devidamente instalado, mas antes é importante testar se ele está funcionando.

Para testar entre no Google Analytics e já na primeira página observe o número de usuários em tempo real em seu site. Se o número for maior que 0 significa que o Analytics está funcionando e se não for basta entrar em sua loja virtual, esperar alguns segundos, e ver se no Google Analytics o número mudou de 0 para 1.

como usar o google analytics para monitorar seu ecommerce imagem teste

O último passo é entrar no painel “administrador”, acessar a opção “configuração de comércio eletrônico”, e, por fim, habilitar todas as opções para que o Google Analytics reconheça seu site como um e-commerce.

como usar o google analytics para monitorar seu ecommerce imagem comercio eletronico

Opções do Painel Administrador

Para acessar as opções do menu administrador, basta acessar o último item do menu na lateral esquerda chamado “administrador” representando pelo ícone de engrenagem. Falarei apenas sobre as opções mais importantes que podem fazer com que a análise dos dados seja mais assertiva.

Gerenciamento de usuários

Nessa área você poderá permitir que outros usuários também tenham acesso aos dados do Google Analytics de seu site, o que é muito bom caso você tenha em sua loja virtual um Analista de Marketing ou E-commerce.

No início pode ser que você se confunda pois existem 3 opções de Gerenciamento de usuários. Caso você queira que um outro usuário apenas visualize dados no Analytics, acesse a opção da terceira coluna “vista”. Caso você queira que ele possa modificar outras coisas dentro do Analytics, utilize também as duas outras opções.

como usar o google analytics para monitorar seu ecommerce imagem gerenciamento de usuarios

Filtros

Toda vez que você ou um de seus funcionários acessam sua loja virtual, o Google Analytics reconhece como se fosse uma visita normal, gerando dados irreais.

Por isso existe a opção filtros, para que você possa acessar sua loja virtual sem que o Analytics contabilize nos relatórios.

Para essa opção você precisa de conhecimentos avançados de informática, por isso caso você não tenha, busque a ajuda de um profissional.

Outra opção é utilizar uma extensão de navegador, como o Block Yourself from Analytics, que não permitem que o Google Analytics contabilize suas visitas ao seu e-commerce.

Lembre-se que por ser uma extensão de navegador ele não contabilizará as visitas que você fizer no navegador em que você o instalou. Caso você acesse sua loja a partir de um outro navegador, o Google Analytics continuará te rastreando.

Metas

Nessa opção você poderá definir diversas metas que você queira atingir. O próprio Analytics fornece alguns modelos de metas ou ainda você pode criar uma meta personalizada.

É possível colocar metas de inscrição de e-mail, ação de contato, compartilhamentos em rede social e compra de produtos, por exemplo.

Segmentos

Se você já definiu quem é seu público ou suas personas existe a opção de trabalhar com segmentos de público, e assim analisar como as pessoas que mais tem chances de comprar com você estão se comportando dentro de sua loja virtual.

Você poderá criar segmentos a partir de dados como sexo, idade, região, idioma, tecnologia, origem do tráfego e comportamento no site.

Métricas de avaliação

Na maioria dos painéis do Google Analytics, você poderá analisar vários dados de acordo com diversas métricas. Como são muitas métricas, trouxe aqui apenas as principais:

  • Usuários: Número total de pessoas que acessaram seu e-commerce.
  • Sessões: Número total de acessos à sua loja virtual.
  • Visualizações de página: Número total de páginas visualizadas em seu e-commerce
  • Taxa de Rejeição: Média de acessos onde as pessoas acessaram somente 1 página da sua loja virtual.

Você encontrará diversas variações dessas métricas acima como Usuários Novos, Páginas por Sessão e Visualizações de Página Única.

É importante que você não se confunda entre as métricas usuários, sessões e visualizações de página, pois são métricas diferentes e devem ser analisadas separadamente.

Apesar de o nome parecer algo muito ruim, a taxa de rejeição não é tão má quanto você pensa, visto que no E-commerce é muito comum a pessoa entrar em seu site apenas para ver um produto e depois sair sem fazer nenhuma ação.

Essas métricas não influenciam no rankeamento do Google, mas podem indicar problemas que afetam seu SEO. Por exemplo, uma taxa de rejeição acima de 95% pode significar que sua loja virtual possui sérios problemas de usabilidade como site não responsivo, links quebrados, site muito lento, etc.

Para visualizar as métricas de um determinado painel, basta selecionar uma métrica conforme a imagem abaixo (nem todos os painéis possuem essa opção em suas páginas iniciais, mas possuirão nos sub-itens).

como usar o google analytics para monitorar seu ecommerce imagem metricas

Dados em tempo real

Os dados em tempo real, como o próprio nome sugere, são informações daquilo que está acontecendo no exato momento em que você visualiza o Google Analytics.

Esses dados podem ser muito interessantes de serem analisados, caso você faça transmissões ao vivo em seu site, ou ainda em épocas de promoções como Black Friday, Dia das Crianças, etc.

Você conseguirá ver o local, a origem do tráfego, quais páginas estão sendo acessadas, eventos e conversões dos usuários que estão acessando sua loja virtual nesse momento.

Importante lembrar que as métricas em tempo real não devem ser consideradas quando o assunto é o sucesso do seu negócio, mas sim em momentos específicos como citado anteriormente.

como usar o google analytics para monitorar seu ecommerce imagem teste

Dados de Público

Nas opções de dados de Público será possível visualizar dados referentes as características das pessoas que entram em seu e-commerce. Isso pode ser interessante, pois pode abrir seus olhos para um outro segmento de público que você talvez não tenha imaginado que se interessaria por seu produto.

Esses são os principais dados que você pode analisar pelo painel público:

  • Informações demográficas: mostra dados de idade e sexo das pessoas que acessaram seu site.
  • Interesses: mostra dados de afinidade (categorias com mais chances de se interessar) e segmento de mercado (categorias com mais chances de comprar) de seus usuários.
  • Geográfico: mostra dados de idioma e região que entraram em seu site.
  • Comportamento: Mostra dados de recorrência de visitas, tempo de retorno e engajamento.
  • Tecnologia: Mostra dados de navegadores, sistemas operacionais e redes usadas pelas pessoas para acessar seu site.
  • Dispositivos Móveis: Mostra dados sobre o aparelho utilizado para acessar seu site.
  • Comparativo de Mercado: Mostra como está seu acesso em relação a concorrentes à nível mundial.

como usar o google analytics para monitorar seu ecommerce dados de publico

Dados de Aquisição

Nesse painel será possível visualizar como e por quais canais as pessoas estão entrando em sua loja virtual. Para um E-commerce, o mais natural é que a maior parte do acesso venha através de pesquisas orgânicas no Google, visto que a maioria das pessoas pesquisam pelo produto antes de comprar pela internet.
Esses são os principais dados que você pode analisar pelo painel Aquisição:

  • Canais: Por quais meios as pessoas estão acessando sua loja virtual (busca orgânica, backlinks, redes sociais, etc)
  • Google Ads: Dados referentes a campanhas pagas no Google Ads.
  • Search Console: Dados referentes a pesquisas feitas através do Google (país, dispositivo e consultas que fizeram seu e-commerce aparecer no Google)
  • Redes Sociais: Dados mais detalhados sobre as pessoas que acessaram seu site através das redes sociais
  • Campanhas: Dados referentes a resultados, palavras-chaves e custos de campanhas pagas ou orgânicas.

como usar o google analytics para monitorar seu ecommerce dados de aquisicao

Dados de Comportamento

Nesse painel é possível analisar métricas de comportamento das pessoas que acessam o seu site e ainda dados como páginas acessadas e o fluxo de páginas que as pessoas fazem dentro do seu site.

Esses são os principais dados de Comportamento do Google Analytics:

  • Fluxo de Comportamentos: Todos os caminhos que as pessoas fazem dentro de seu e-commerce.
  • Conteúdo do Site: Dados referentes ao conteúdo da sua loja virtual (páginas mais acessadas, etc).
  • Velocidade do Site: Dados referentes a velocidade das páginas de seu e-commerce.
  • Pesquisa Interna: Pesquisas feitas nas caixas de busca da sua loja virtual.
  • Eventos: Dados referentes a eventos pré-definidos como downloads, clique em vídeos, banners, etc.

como usar o google analytics para monitorar seu ecommerce dados de comportamento

Dados de Conversão

Nesse painel você poderá analisar os dados referentes as vendas da sua loja virtual, como produtos mais vendidos, por exemplo. Essa é uma das abas mais importantes para um E-commerce, visto que trata diretamente das vendas.

Esses são os principais dados que poderão ser analisados nesse painel:

  • Metas: Dados sobre as metas pré-definidas por você no painel administrador.
  • Comércio eletrônico: dados de desempenho dos produtos e vendas do seu e-commerce.
  • Funis Multicanais: Dados sobre o seu funil de venda como fluxos que geraram conversões e tempo de conversão.

como usar o google analytics para monitorar seu ecommerce imagem dados de conversao

Bônus - Definindo KPIs em sua estratégia de Marketing

Você deve estar pensando “são muitos dados e métricas para analisar, será impossível cuidar de tudo isso”. Realmente o Google Analytics oferece muitas possibilidades, mas você não precisa monitorar tudo para verificar se a sua loja virtual vai bem.

Você pode definir KPIs, que são métricas chaves para o sucesso de seu negócio. Isso significa que você focará apenas em métricas que fazem sentido para sua empresa.

Para definir KPIs, selecione apenas as métricas que estão diretamente relacionadas as vendas da sua loja virtual. Veja o exemplo abaixo:

Se você possui um e-commerce com produtos de ticket baixo que está localizado em Londrina/PR, precisará monitorar o número de acessos no seu site e também a quantidade de pessoas da região que estão chegando a seu site. O número de acessos precisa ser alto para gerar mais vendas por causa do ticket baixo e quanto mais pessoas da região melhor, visto que um frete barato é fator decisivo de compra.

Nesse caso duas métricas que podem ser KPI são o número de sessões (acessos) totais e o número de usuários residentes de Londrina e região.

Conclusão

O Google Analytics é uma ferramenta muito poderosa e essencial para monitorar como seu e-commerce está se saindo na web e quais são os pontos que precisam ser melhorados.

Outras plataformas também possuem analytics próprios como o Facebook, Instagram, Mailchimp, mas são voltadas para elas mesmas. Já o Google Analytics é voltado para seu site e consegue até mesmo saber se um usuário veio através de redes sociais ou e-mail.

E não esqueça de definir os KPIs que fazem sentido para seu negócio para não se enrolar com tanta informação que o Google Analytics oferece.

Abaixo você confere nossa postagem como infográfico.

como usar o google analytics para monitorar seu ecommerce infografico

Gostou desse conteúdo? Ajude-nos compartilhando!


Posts Relacionados:


VR SYS Agência Digital - Todos Direitos Reservados © - 2019