Blog: Negócios

Storytelling – Como encantar os clientes do seu e-commerce?
e-max.it, posizionamento sui motori

Era uma vez, em uma época muito distante, um certo animal mamífero que era um dos principais caçadores de sua tribo. Após retornar de uma ótima caçada, a criatura precisava contar para seus companheiros tudo que havia ocorrido.

Então, ele pega alguns materiais e desenha as paredes de uma caverna para ilustrar melhor o que aconteceu naquele dia e essa tradição vai passando de geração em geração até o tempo presente, onde escrevo essa história.

storytelling como encantar os clientes de sua loja virtual imagem pintura rupestre

Tudo bem, as coisas podem não ter fluído exatamente desta forma, mas a história que contei serviu para ilustrar uma coisa: desde a antiguidade o ser humano conta histórias.

Lembra das histórias do lobisomem, homem do saco e do saci pererê que eram contadas por nossos pais e avôs? Apesar de termos crescido e constatado que tais seres não existem, essas histórias nos marcaram e lembraremos delas durante toda a nossa vida.

Publicitários, marqueteiros, designers e empreendedores sabem que a prática de contar histórias sobre a empresa, produto ou serviço dá muito mais resultado que apenas mostrar os benefícios e utilidades dos mesmos.

Você dificilmente verá um comercial da Coca-Cola falando sobre como é gostoso tomar Coca-Cola, mas sim uma história de um almoço de domingo com a família reunida, ou um grupo de amigos que estão viajando juntos.

No dia 20 de março é comemorado o dia do Contador de histórias, e nada melhor que um post sobre Storytelling para incentivar a prática de contar histórias em sua Loja Virtual, não acha?

storytelling como encantar os clientes de sua loja virtual imagem forest gump

O que é Storytelling?

Storytelling nada mais é que a prática de contar histórias, seja ela fictícia ou real. Uma boa história pode ser arruinada dependendo da qualidade do storytelling.

É provável que você tenha presenciado a cena de alguém tentando contar uma piada, mas não conseguir completá-la porque ri enquanto conta e não consegue nem mesmo terminar. Podemos dizer que essa pessoa precisa melhorar suas habilidades de storytelling, pois ela não consegue contar a piada, que até poderia ser boa.

Esse exemplo que dei é um exemplo mais do storytelling do dia a dia, mas existem diversos meios pelo qual uma história pode ser contada, como a oralidade, pinturas, fotografia, esculturas, vídeos, danças, livros, textos, músicas, e ainda é possível mesclar esses formatos, como no caso do vídeo que é uma mistura de fotografia com oralidade ou música.

storytelling como encantar os clientes de sua loja virtual imagem fotografia

Escrevendo boas histórias

Um ótimo contador de histórias não pode fazer milagres com uma história ruim, por isso é importante entender como escrever histórias que agradem as pessoas.

Defina seu público-alvo e personas

Definir seu público-alvo e personas é essencial para que você conte a história certa, do jeito certo para as pessoas certas e assim aumentar suas taxas de conversão.

Vou dar um exemplo para que você possa entenda melhor. Apesar de o Brasil ser o país do futebol, não podemos cair no engano de achar que todo brasileiro gosta de futebol ou pior: achar que todo o brasileiro está disposto a comprar artigos relacionados.

Por mais que o futebol seja muito popular por aqui, existe um perfil de pessoas que está muito mais disposto a comprar produtos relacionados ao esporte e por isso, focar nesse perfil é uma estratégia muito mais certeira do que sair “atirando” para todos os lados.

As Personas, nada mais são que personagens fictícios construídos a partir de clientes reais e são uma forma muito boa de você entender quais são os problemas e aspirações de seus clientes, o que ajuda na hora de escrever e contar uma história que faça sentido para eles.

Elementos de uma boa história

Uma boa história contém os seguintes elementos:

  • Fortes emoções – Uma boa história será capaz de gerar emoções no expectador como alegria, raiva, surpresa, medo, comicidade, angústia, nojo, suspense, entre outras.
  • Um bom conceito – O conceito de uma história nada mais é do que a grande lição ou aprendizado que essa história deseja transmitir. Por exemplo, no filme O Rei Leão da Disney, o conceito principal é o de que você não deve dar as costas para o seu passado, não importa o quão traumático ele seja.
  • Uma boa linguagem – A linguagem nada mais é que todos os elementos orais, visuais, sonoros ou textuais usados para contar a história. Uma boa linguagem é importante para reforçar com clareza as emoções e o conceito da história e também para envolver o público.
  • Tudo tem seu tempo – existem histórias de diversos comprimentos, porém toda história, por mais breve que seja o relato, tem começo, meio e fim. O simples ato de pegar uma caneta, anotar um recado e depois guardá-la tem início, meio e fim.
  • Herói Vs Vilão – Toda boa história tem um herói e um vilão. Quando falamos de negócios, o herói pode ser a sua marca ou o seu cliente e o vilão seria o problema que seu produto resolve. As empresas de Inseticida, limpeza e desodorantes usam a estrutura de “Herói Vs Vilão” de forma bem explícita em suas ações.

Vamos ver agora como contar histórias em sua loja virtual!

Quem Somos?

A grande maioria dos sites de negócios possui uma página “Quem Somos?” aonde são abordados os objetivos, ações, feitos e a história da empresa.

Ter uma boa página de “Quem Somos?” é muito importante para falar sobre a missão, visão e valores do seu e-commerce.

Além disso você pode contar a história de como sua loja virtual surgiu, as dificuldades enfrentadas, os aprendizados e os fracassos. Tudo isso fará com que as pessoas se identifiquem mais com a sua loja.

Observe o exemplo da loja Chico Rei a seguir:

storytelling como encantar os clientes de sua loja virtual imagem chico rei

Na página de “Quem Somos?” da loja Chico Rei, é contada a história do personagem que inspirou o nome da empresa. A linguagem rústica das ilustrações, cores e fontes apontam para o passado como inspiração para fazer do mundo um lugar melhor.

Talvez você não possua as habilidades para fazer uma página superproduzida, mas existem empresas que conseguem contar histórias que dão resultado apenas com texto. Veja esse relato simples na página de “Quem Somos?” do site da empreendedora Camila Porto:

storytelling como encantar os clientes de sua loja virtual imagem camila porto

O relato de que seu primeiro cliente fora um amigo que comprou seu curso para ajudá-la e hoje mais de 8.000 pessoas já estudaram com ela revela que assim como boa parte dos empreendedores digitais, Camila Porto começou por baixo e isso é um superincentivo para aqueles que também desejam ter um negócio de sucesso.

Página de Produto

A página de produto é uma página onde tudo tem que estar perfeito. As fotos do produto, o botão de compra, as avaliações, a descrição do produto, as formas de pagamento, os selos de segurança, tudo isso precisa estar presente para aumentar as taxas de conversão.

Há algum tempo atrás, escrevi um post sobre descrições de produtos que dão resultado e um dos tópicos que abordei foi o storytelling aplicado na página de produto, caso você queira aprender a escrever descrições de produtos de sucesso recomendo a leitura do post.

Na página de produto você poderá contar a história do seu produto, suas origens, como foi produzido, quem o produziu, o local em que foi produzido. Veja um exemplo da Loja de Vinhos Sonoma:

storytelling como encantar os clientes de sua loja virtual imagem sonoma

A descrição do produto da Sonoma conta a história do local onde o vinho foi produzido, o que agrega muito valor ao produto. Com isso dá pra dizer que a Sonoma não vende apenas vinhos, mas também a experiência de ser transportado no espaço e no tempo.

Veja um outro exemplo de descrição de produto, agora de um perfume da loja Virtual Sephora:

storytelling como encantar os clientes de sua loja virtual imagem sephora

Propagandas de perfume costumam ser excêntricas e conceituais e essa descrição de produto é um belo exemplo disso. Você vê que o nome do criador do perfume na história dá um ar de glamour para o produto e história não foca nas características do perfume, mas sim nos sentimentos que ele desperta, beirando o misticismo.

Blog

Se você ainda não possui um blog, convido-o a ler o nosso post sobre os motivos para investir em um blog.

Se o seu produto está relacionado com o desempenho de alguma atividade, uma ótima forma de ganhar mais clientes são os “cases” de sucesso, que nada mais são que histórias de pessoas ou empresas que obtiveram bons resultados com algum de seus produtos. Veja os exemplos do blog da Camila Porto:

storytelling como encantar os clientes de sua loja virtual imagem camila porto 2

Os cases reais de sucesso fazem com que os expectadores da história sintam-se mais confortáveis na hora de comprar e também acendem o desejo de ter sucesso como a pessoa ou empresa do case.

Outra forma bastante interessante de aplicar storytelling é uni-lo com a estratégia de Marketing de Influência. Você procura por um influenciador dentro do seu mercado e oferece uma unidade do seu produto de forma gratuita. Em troca, o influenciador deverá escrever como foi a experiência de usar seu produto e você postará o relato no blog de sua Loja Virtual.

Esse formato também conhecido como review, também é bastante utilizado em vídeo e ter um influenciador contando a história de como foi bom usar seu produto é uma estratégia que dá mais confiança para que os fãs dele adquiram seu produto.

A Página Inicial

A página inicial da sua Loja Virtual é com certeza a principal parte do site. Se a vitrine de sua loja estiver feia ou ainda seu e-commerce demorar muito para carregar, você não terá nem chances de contar uma história, visto que as pessoas abandonarão o site e por isso você deve conferir se esses elementos estão em ordem.

Na página inicial, o mais comum é que banners sejam utilizados para contar uma breve história ou fazer uma chamada para outra página, visto que o principal objetivo do usuário nesse momento não é conhecer as origens e as motivações da sua marca, mas sim comprar ou pesquisar por um produto.

Por isso é importante evitar contar histórias na página inicial, ou se for contar, seja o mais breve possível e deixe a história perto do rodapé.

Conclusão

Nós somos marcados pelas boas histórias que são bem contadas e por isso aplicar storytelling é uma estratégia que pode gerar mais resultado, do que apenas focar nos benefícios e características do seu produto.

Lembrando que no post foi citado apenas exemplos de como aplicar storytelling em sua Loja Virtual. Ainda existe a possibilidade de você contar histórias em suas redes sociais, materiais gráficos, revistas, blogs de terceiros, vídeos no Youtube, rádio, televisão, entre outros canais.

Além disso, as lojas que foram utilizadas como exemplos nesse post são B2C, lojas que vendem para o consumidor, mas é possível também aplicar storytelling para lojas virtuais com produtos voltados para um público mais sério e até mesmo lojas virtuais B2B, que vendem para outras lojas e empresas.

Abaixo você confere nossa postagem como infográfico.

storytelling como encantar os clientes de sua loja virtual infografico

Gostou desse conteúdo? Ajude-nos compartilhando!


Posts Relacionados:


VR SYS Agência Digital - Todos Direitos Reservados © - 2019