Blog: Negócios

Como ter uma página de checkout perfeita para sua loja virtual?
e-max.it, posizionamento sui motori

A página de checkout é com certeza uma das mais importantes dentro de uma loja virtual por ser o último passo para a compra.

Isso significa que tudo tem que estar perfeito nessa página. Ela tem que ser rápida, clara e transmitir segurança para quem for comprar.

No Brasil, acredita-se que a taxa de abandono de carrinhos nas lojas virtuais pode chegar a 82% das compras!

É óbvio que as pesquisas pelos melhores preços feitas pelas pessoas ajudam no aumento dessa taxa, porém ainda assim é um número muito alto.

Existem vários fatores que fazem com que uma página de checkout seja perfeita para que um consumidor online compre sem nenhum tipo de problema.

  1. Checkout transparente
  2. Formulários curtos
  3. Benefícios para cadastrados
  4. Design limpo e sem distrações
  5. Etapas de checkout claras
  6. Sem custos surpresa
  7. Adaptado para mobile
  8. Seguro e confiável
  9. Diversas possibilidades de pagamento
  10. Uma boa hospedagem

1- Checkout Transparente

O Checkout transparente já não é uma novidade, porém ainda existem lojas que não o possuem, o que, com certeza, gera muitos abandonos de carrinho.

Até alguns anos atrás era muito comum que as lojas virtuais redirecionassem o cliente que apertava o botão “comprar” de um produto para um outro site, como PagSeguro e PayPal, para finalizar a compra.

Essa dinâmica fazia com que muitas pessoas desistissem da compra. Já imaginou entrar em um supermercado, fazer compras e na hora de pagar ter que ir até o banco para concluir? Era mais ou menos assim que funcionava a dinâmica.

Com o checkout transparente as coisas mudaram para melhor, visto que nessa dinâmica as pessoas não precisam mais sair da loja para finalizarem a compra.

2- Formulários Curtos

Um dos grandes inimigos de um checkout perfeito são os formulários longos que alguns lojistas insistem em implementar em suas lojas virtuais.

Formulários muito longos são chatos e demorados de responder, o que faz com que a experiência da compra seja ruim.

Inclusive formulários muito longos podem fazer com que as pessoas desistam de uma compra por impulso, pois a demora para preencher dá tempo para que elas reflitam se vale mesmo a pena.

Por isso peça apenas as informações cruciais para que o processo de compras corra dentro da normalidade.

Algumas empresas como a Amazon possibilitam a dinâmica de “compra com 1 clique”, na qual é possível comprar um produto a partir dos dados salvos de compras anteriores, ou seja, sem preencher nenhum campo de formulário.

3- Benefícios para cadastrados

Assim como no caso de formulários muito longos, pedir para que as pessoas se cadastrem em sua loja virtual também pode desanimá-las.

Se possível, permita que as pessoas comprem sem a necessidade de fazer cadastro.

Agora se você precisa mesmo do cadastro de seus clientes, uma boa estratégia é oferecer um benefício para que a pessoa efetue esse processo.

Você pode oferecer descontos, frete grátis, cupons ou até mesmo enviar uma lembrancinha grátis e barata para o cadastrado.

Uma forma de agilizar o processo de cadastramento em sua loja virtual é habilitar o preenchimento automático de campos, a partir do cache do navegador do usuário.

4- Design limpo e sem distrações

Quando você oferece muitas opções para uma pessoa, a tendência é que ela demore mais tempo para fazer a escolha.

Por isso é muito importante que o design do seu checkout seja limpo e sem distrações. Lembre-se que menos é mais nesse caso.

Muitos lojistas sentem-se tentados a oferecem sugestão de produtos no checkout, mais isso não é nem um pouco recomendado.

Caso você queira sugerir produtos similares ou fazer cross-selling, o ideal é fazer na página de compra do produto ou ainda no e-mail de confirmação de compra.

Para automação de processos de loja virtual com e-mails recomendamos a ferramenta Mailchimp.

5- Etapas claras de checkout

Uma das regras de UX Design, área também conhecida como o Design de Experiência do Usuário, é que o sistema deve sempre mostrar ao usuário onde ele está e quais são os próximos passos.

Quando você mostra a quantidade de etapas de checkout para seu cliente, ele já terá uma ideia da duração do processo. Veja um exemplo de como etapas dentro do checkout de uma das lojas feitas pela VR SYS Agência Digital.

como ter uma pagina de checkout perfeita para sua loja virtual img checkout

Nesse caso, mesmo que o processo de compra seja um pouco mais demorado do que deveria ser, o usuário pelo menos vê o final do processo.

Um checkout que além de demorado não mostra as etapas de compra está muito mais suscetível ao abandono da compra.

6- Sem custos surpresa

Você já deve ter passado pela péssima experiência de comprar um produto e descobrir um custo extra no checkout.

Muitos lojistas acreditam que esconder custos extras como o frete é algo que impulsionará as vendas, visto que o cliente já está ali mesmo, então não se importará de desembolsar um pouco mais de dinheiro.

Na verdade, as chances disso dar certo são muitos baixas, visto que esse tipo de ação gera insegurança nas pessoas em relação a loja virtual.

E se o produto vier com defeito? E se a entrega atrasar? E se o produto vier errado ou pior ainda, e se a loja simplesmente sumir com meu dinheiro?

Todos os custos da operação devem ser mostrados na página de compras do produto, evitando assim surpresas desagradáveis.

7- Adaptado para mobile

Com a evolução da tecnologia mobile, as compras via smartphones vem crescendo e possivelmente se tornarão os principais canais de compra em breve.

Segundo o relatório Webshoppers 39, 7 em cada 10 brasileiros possuem um smartphone, sendo que 35% das compras pela internet em 2017 foi feita através de dispositivos móveis.

A revolução Mobile First vem com tudo. Inclusive o Google já leva em conta a experiência em smartphones das lojas virtuais para decidir o posicionamento nas pesquisas.

O checkout via mobile precisa ter etapas claras e separadas, visto que assim a pessoa não terá que deslizar tanto a tela para efetuar o processo.

Além disso, o checkout para smartphones precisa ser leve, visto que as compras via redes móveis serão cada vez mais comuns.

8- Seguro e confiável

Para que uma loja virtual esteja em todo o seu potencial de vendas não basta a ela ser segura, mas também deve transmitir confiança ao cliente.

O Certificado SSL é obrigatório, visto que o Google leva isso em conta na hora de posicionar sua loja virtual nas pesquisas.

Selos de segurança são muito importantes para transmitir confiança em sua loja virtual e por isso eles devem constar no rodapé.

Veja outros pontos que reforçam a segurança do checkout e da loja virtual como um todo:

  • Logotipo da loja virtual sempre visível;
  • CNPJ da loja virtual no rodapé;
  • Logo para o PROCON do seu estado no rodapé;
  • Textos com tamanho legível no checkout;
  • Avaliações de produtos na página de compras.

9- Diversas possibilidades de pagamento

O ideal é sempre mostrar na página de compras do produto e no rodapé do seu site as bandeiras de cartão de crédito e formas de pagamentos aceitas, além da quantidade de parcelas permitidas para um produto.

Assim, você evitará que a pessoa tenha uma surpresa desagradável ao descobrir que sua loja não oferece o método de pagamento que ela pretendia utilizar para a compra.

No geral, quanto mais formas de pagamento você oferecer melhor, porém algumas são obrigatórias como boleto e cartão de crédito.

Em casos de lojas virtuais que vendem para o exterior, a preocupação com meios de pagamento deverá ser maior ainda, visto que cada país tem um meio predileto de comprar.

10- Uma boa hospedagem

Aqui na VR SYS Agência Digital sempre recomendamos para os nossos clientes de lojas virtuais que contratem a melhor hospedagem que puderem.

Isso porque agilidade e estabilidade são fatores cruciais para uma alta taxa de conversão.

Imagine que seu cliente está preenchendo o checkout de compra de um produto e de repente a conexão com o servidor cai.

Nesse caso é muito provável que você tenha perdido a venda, visto que a pessoa não aguardará sua hospedagem voltar ao ar para efetuar a compra.

Fazendo testes de experiência do usuário

O ideal é que você faça testes com vários usuários para ver se o seu checkout oferece uma boa experiência para eles.

Existem alguns formatos de teste que são bastante utilizados pelas empresas, e que também podem ser usados por você

Testes A/B

O teste A/B é muito bom para testar duas opções diferentes de checkout e descobrir qual delas entrega o melhor resultado.

Existem diversas ferramentas, como o Google Optimize, que permitem testar duas opções de páginas e descobrir qual é a melhor.

Entrevistas Contextuais

A entrevista contextual é um processo muito comum em empresas que fabricam seus próprios produtos, sejam eles digitais ou físicos.
Funciona do seguinte modo: um usuário é selecionado para uma entrevista na qual ele primeiro testará um produto e depois dará o feedback e responderá algumas perguntas do entrevistador.
Durante o uso do produto, o entrevistador faz anotações e não pode atrapalhar, ajudar ou distrair o usuário.

Conclusão

A taxa de conversão de uma loja virtual gira em torno de 2%, ou seja, de cada 100 visitantes 2 compras serão realizadas.

Por isso é muito importante otimizar seu checkout para que você não perca de forma alguma esses importantes 2%.

Caso você ainda não tenha uma loja virtual é essencial que você pesquise como é o checkout da plataforma de loja virtual e se é possível customizá-lo.

Abaixo você confere nossa postagem como infográfico.

como ter uma pagina de checkout perfeita para sua loja virtual infografico

Gostou desse conteúdo? Ajude-nos compartilhando!


Posts Relacionados:


VR SYS Agência Digital - Todos Direitos Reservados © - 2019