Blog: Negócios

Como gerenciar o estoque do seu e-commerce de modo correto
e-max.it, posizionamento sui motori

Uma boa logística é muito importante para todas as lojas virtuais e administrar bem o seu estoque é um passo para se tornar um e-commerce de excelência. A principal função de um estoque é facilitar ao máximo a saída dos produtos, garantindo a alta performance da loja na hora da entrega.

Uma das maiores dores de quem compra online são os atrasos na entrega de um produto. Isso pode acontecer por erros de terceiros, mas também pode acontecer por falhas de logística interna. Garantir uma experiência tranquila de compra para seu cliente é muito importante para conseguir uma segunda venda, por isso vale a pena investir tempo e dinheiro na administração do seu estoque.

É possível administrar um estoque sozinho? Isso depende do tamanho da loja. Um estoque pequeno pode ser administrado pelo próprio dono enquanto que um grande é recomendável contratar pessoas e softwares para garantir uma boa logística, sem falar que o dono, tanto do estoque pequeno quanto do grande, tem outros assuntos para se preocupar.

Ainda existem lojas que trabalham “sem estoque”. O termo anterior está entre aspas, porque apesar de a loja não possuir um estoque, o fornecedor dela possui, ou seja, de forma indireta, um estoque otimizado é importante para a loja que não possui um próprio.

Veja agora o que você pode fazer para garantir um estoque de ponta:

Comece de forma simples

Se você está começando uma loja o melhor a se fazer é começar simples. Como dito antes não é necessário gastar rios de dinheiro para o pleno funcionamento do estoque. Uma das formas mais utilizadas de organização são as planilhas.

O Google oferece um serviço gratuito de planilhas, o Google Sheets. Para criar uma planilha no Google Sheets, basta criar uma conta no Google e acessar a ferramenta pelo Google Drive ou digitando o termo em um mecanismo de busca. A conta do Google libera 15 gigabytes de espaço em nuvem e ainda salva de forma automática seus trabalhos, ou seja, você não perderá seu trabalho por defeito de HD ou por uma queda de energia.

Uma ferramenta própria para o controle de estoque é o Bling!. Nós recomendamos o Bling! Por possuir integração com a plataforma de e-commerce que desenvolvemos na agência, a Prestashop. O Bling! conta com uma versão gratuita voltada para microempreendedores individuais, perfeito para quem está começando e quer uma ótima ferramenta para organizar seu negócio.


Saiba mais:

Como criar uma estratégia de pós-venda matadora para fidelizar clientes

O que é Logística Reversa e porque seu e-commerce precisa investir nisso


Analise a saída dos produtos

Toda a loja terá seus produtos de destaque. Por isso é importante saber e anotar quais são esses produtos, pois não podem faltar de jeito algum no estoque. Tome cuidado com a divulgação de um produto que está com estoque acabando, pois isso aumenta as chances do produto acabar (a não ser que você deseje fazer uma queima de estoque deste produto).

Já os produtos com menos saída podem ser usados em promoções, brindes e Cross Selling para abrir espaço no seu estoque para produtos com maior retorno financeiro. Evite também armazenar aquilo que é desnecessário, como maquinário antigo, pastas de documentos e outras coisas que costumam ser esquecidas em uma sala abandonada.

Outra coisa importante é manter as quantidades do produto atualizadas no site. Isso fará com que o cliente não gaste seu precioso tempo à toa, entrando em contato para comprar um produto inexistente. Você também pode usar a quantidade de produtos restantes como uma forma de criar urgência para que o cliente se sinta mais motivado a comprar.

Mantenha seu estoque limpo e organizado

Limpeza é muito importante para o estoque, ainda mais se a loja trabalha com produtos perecíveis. Além da limpeza, o local deve ser arejado, com boa iluminação e proteger os produtos da ação do clima.

Facilitar a procura pelo produto também é essencial. Por isso invista em uma boa iluminação e facilite a locomoção dos produtos, funcionários e maquinário.

Organize os produtos através de setores correspondentes. Para isso você pode usar a Taxonomia. Você já deve ter ouvido falar dela nas aulas de biologia na escola, para classificar os 5 reinos dos seres vivos. A Taxonomia é uma forma de organização na qual você pode categorizar muitos itens em formato de raiz.

Exemplo de Taxonomia:

como gerenciar o estoque do seu ecommerce de modo correto fluxograma

A Taxonomia é muito utilizada no campo do Web Design, para que o usuário de um site, e-commerce ou aplicativo encontre mais rápido aquilo que procura e também pode ser aplicado no seu estoque para agilizar a busca pelos produtos.

Mantenha uma ordem de venda

O ideal é que o primeiro item a entrar em seu estoque seja o primeiro a ser vendido, ainda mais se a loja trabalhar com produtos perecíveis, pois a data de validade está mais próxima do que no caso de produtos recém-chegados. Porém o lojista deve ter bom senso, dependendo do produto e seu prazo de validade é melhor enviar um produto mais atual.

Em alguns casos, você pode dar prioridade aos últimos produtos que entraram no estoque. Se você importou alguns produtos com o dólar em baixa, pode aproveitar esse momento para fazer uma oferta limitada com esses produtos, por exemplo, e deixar os que foram comprados antes com o dólar em alta para depois.

Por isso é importante ter anotado a data de entrada de todos os produtos do seu estoque, assim você consegue planejar se vai vender o primeiro ou o último produto que entrou no estoque.

Finalizando

Um estoque otimizado é essencial para evitar atrasos e erros nas entregas de produtos. Como já falamos no nosso post sobre Logística Reversa, compensa mais investir nos processos de organização do que nos processos de devolução e troca de produtos.

Analise, anote e tenha em mente quais são os produtos que mais saem e pense em quais produtos devem ser vendidos primeiro. Isso ajuda na construção de uma estratégia que trará resultados financeiros para sua loja.

O investimento no estoque deve ser compatível com o tamanho dele. Um estoque pequeno pode ser gerenciado pelo dono da loja com ferramentas gratuitas, porém com o crescimento da loja é elementar investir em funcionários e softwares.

O local do estoque também é muito importante, por isso é sempre importante mantê-lo limpo e investir em coisas básicas para uma boa produtividade, como boa iluminação, por exemplo.

Pronto! Você já está preparado para administrar seu estoque de forma correta. O estoque é o local onde seu ganha-pão ficará alojado, por isso cuide muito bem dele!

Abaixo você confere nossa postagem como infográfico.

como gerenciar o estoque do seu ecommerce de modo correto infografico

Gostou desse conteúdo? Ajude-nos compartilhando!


Posts Relacionados:


VR SYS Agência Digital - Todos Direitos Reservados © - 2018