Logo da VR SYS - Agência Digital

Blog

Um blog feito para e por entusiastas de Design, Marketing, E-commerce e Tecnologias.

Depois de longa data sem postar achei o tema interessante para publicar no blog. Após ler a matéria do Computerworld  onde é apresentada a necessidade em se determinar o chamado ROI (retorno sobre o investimento) na utilização de software de código aberto. Um caso curioso apresentado na matéria é que as forças armadas do governo americano utilizavam 75% de suas aplicações de código aberto, sendo 50% de missão crítica, como identificado pela pesquisa da Olliance Group.

Com a adoção cada vez maior dos serviços presentes na nuvem (cloud) como o Google Apps (Docs, Agenda, Talk, etc) questiona-se se os empregos de TI nas empresas serão mantidos. Uma matéria na Computerworld comenta o assunto.

A Publicidade Online hoje é real e não uma promessa. Empresas que não anunciam seus produtos, seus serviços ou sua loja na internet perde atuação em mercado. Claro, não quero que o tio da padaria da esquina faça um site que venda pão para todo o Brasil, mas é muito importante ter uma página que mostre a sua empresa, seus produtos, serviços, horário de atendimento dentre outras páginas.

Muitos me perguntam "como meu site pode aparecer na primeira página do Google"? Há duas maneiras. Uma é usando técnicas de SEO e a outra é usando os Links Patrocinados. O SEO utiliza de técnicas de otimização do seu site para mecanismos de busca como os mais conhecidos Google, Yahoo Search! e o Bing da Microsoft, já os links patrocinados utilizam a publicidade dentro dos próprios mecanismos de busca. Grande parte da receita dos sites de buscadores vem dos links patrocinados.

Após 2 anos de desenvolvimento foi lançado hoje o RockMelt, um novo conceito em navegador web. Ele é baseado no Chromium, plataforma de código aberto que deu origem ao Chrome da Google, por isso da semelhança visual com este navegador.

Idealizado por Marc Andreesen, um dos fundadores do finado Netscape Navigator, seu objetivo principal é mudar a forma como as pessoas navegam na web, sincronizando dados das redes sociais. Por isso o seu apelido de "navegador social".

Está tramitando na Câmara dos Deputados um projeto de Lei (PL) de autoria do deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) que prevê a proibição do anonimato na Internet. Trocando em miúdos, este projeto obriga os proprietários de sítios hospedados na Internet a se identificarem por meio de suas páginas. Particularmente acho dificílimo o controle e identificação dos seus reais proprietários. Muitos websites encontram-se hospedados em infra-estrutura fora do Brasil, fugindo desta obrigação pelo fato, obviamente, da legislação brasileira não atuar fora de suas fronteiras.

Recentemente veio ao ar discussões sobre a nova versão da linguagem HTML (HyperText Markup Language), o popular HTML 5.

Muito se comenta sobre o futuro da Internet após a liberação da versão final da linguagem. Alguns apostam na morte do Flash da Adobe, outros apenas na divisão de mercado, mas o que é certo é que esse novo padrão não será disponibilizado antes de 2012.

O comércio eletrônico vem superado expectativas de vendas sucessivamente,  é o que mostra pesquisas divulgadas pela Revista Exame, como a que fala o e-commerce brasileiro teve em 2009 um crescimento nominal de 30% quando se era esperado no máximo 25%. Justificativas se dão no público de baixa renda e lojas populares entrando nesse mercado. Outra pesquisa mais recente registrou um crescimento de 40% em 2010 em relação ao mesmo período do ano em 2009, e aqui se cita o aumento da confiança do consumidor no comércio virtual como causa de sucesso desse crescimento. Terreno favorável á expansão as expectativas são promissoras, a base do sucesso de vendas fica claro ser o bom relacionamento entre lojas e clientes, seja no encontro das lojas populares falando a linguagem de seu público, ou o aumento de confiança em geral.